Por que sou contra a energia fotovoltaica?

Sou contra a energia fotovoltaica ser penalizada sendo a melhor forma de utilizar a energia do sol, gratuita, inesgotável, abundante, sustentável e não poluente!

As outras formas de energia exigem investimentos maiores, milhões ou bilhões, e necessitam de constante e rotineira manutenção para manter em bom funcionamento, ainda mais no caso das grandes usinas hidrelétricas, térmicas e parques eólicos.

As outras formas necessitam de um combustível para gerar a energia, seja biomassa, seja gás natural, seja diesel, gasolina ou álcool, sem contar que, mesmo as hidrelétricas têm como “combustível” a água, que também é fonte de consumo humano. Neste caso, quando o nível dos reservatórios baixa, entra o acréscimo das bandeiras tarifárias amarela ou vermelha nas faturas de todos os consumidores, pois entram em operação as térmicas.

A energia solar fotovoltaica contribui para a geração de energia sem necessitar inundação de grandes áreas, de aumento de partículas de carbono no ar e nem aquece a água do mar ou rio (térmicas, conf. o caso) e nem prejudica o nível dos reservatórios.

Ao gerar energia fotovoltaica, você contribui para manter o nível dos reservatórios, evitando as bandeiras tarifárias e sem poluir o ar e nem provocando o aquecimento alterando o bioma.

Qual forma de energia permite maior independência e maior economia para o cidadão?

Qual forma de energia não polui, não faz barulho, tem baixíssima necessidade de manutenção, é sustentável, independe de investimento do Estado?

A energia solar fotovoltaica distribuída, principalmente, favorece àquele que a gera e toda energia excedente, vai para a rede da concessionária, que será consumida pelos que estão interconectados a ela. Ou seja, há um favorecimento também às concessionárias.

Vale ressaltar que o consumidor que instala um sistema de energia solar fotovoltaica, alivia a rede de transmissão, diminui a necessidade de novas usinas de geração e claro, com menores impactos ambientais. Em outras palavras, aquele que instala este sistema, traz benefícios líquidos para todos os brasileiros, seja rico ou pobre.

Outro aspecto a se considerar, é que os preços de equipamentos para geração fotovoltaica têm caído de forma acentuada e faz com que seja uma fonte de geração competitiva em relação às demais, gerando muitos empregos, em empresas de engenharia, importadores, distribuidores, integradores, instaladores, comércio de materiais elétricos, entre outros.

Em comunidades carentes, a energia fotovoltaica tem se mostrado eficiente e reduz os custos para os que buscam acesso à rede elétrica.

A mudança na redução dos créditos de energia elétrica, proposta pela ANEEL, inviabiliza as formas de redução de investimentos federais e deixará de permitir, aos mais pobres, como descrito acima, a redução dos custos para o uso da energia elétrica, pois terão que usar, apenas, a energia das concessionárias. Essa redução nos créditos inviabilizará o modelo atual que tanto contribui para o país e para todas as classes sociais.

Estamos num momento mundial de preservação o meio ambiente e de sustentabilidade. Milhões de sistemas fotovoltaicos já estão instalados tanto na Europa, Ásia, Estados Unidos, Canadá e, o Brasil, com o potencial solar que possui, deveria aproveitar melhor essa fonte inesgotável e não poluidora, geradora de empregos e que traz economia a todos.

Claro que existem grandes empresas focadas nas outras fontes de energia que tentam convencer que a energia solar é a que prejudica a fatura da energia dos brasileiros, e deixam de citar todos os benefícios sociais, ambientais e, naturalmente, econômicos que ela traz ao Brasil.

É um contrassenso a perda de oportunidade em aproveitar o sol para gerar energia.

Esperamos, como brasileiros que lutam por uma justa análise, que a proposta da ANEEL seja ponderada e que atinja aos objetivos dos brasileiros e o direito de gerar sua própria energia sem a taxação absurda que está sendo proposta por interessados em impedir o avanço energia fotovoltaica.

Related Post

0 Comments

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.