NO BRASIL FALTA INTERESSE EM ECONOMIZAR

Empresas desperdiçam dinheiro por não otimizarem o uso de energia elétrica, nos edifícios e seus escritórios comerciais, fábricas, comércios, centros de distribuição, entre outros.

É possível diminuir drasticamente o consumo de energia sem prejudicar as atividades, tudo apenas com o uso inteligente dos recursos e da inteligência artificial.

Onde pode haver economia nos gastos com energia elétrica?

  O ponto mais conhecido para reduzir os gastos é na iluminação.

Entretanto, há alternativas mais eficientes e que oferecem maior redução:

  • Ar condicionado,
  • Ventilação,
  • Exaustão,
  • Refrigeração,
  • Aquecimento,
  • Ar comprimido,
  • Bombas (motores associados),
  • Entre outras.

Alternativas para Redução de EnergiaGráfico Eficiência Energética

Além das alternativas mencionadas existem vários sistemas simples que realizam maneiras avançadas para extrair o máximo de eficiência dos equipamentos e da iluminação.

Falta conscientização para um tema tão relevante

Economia de energia ou eficiência energética é um tema que ainda é pouco considerado, para não dizer, desprezado, no Brasil.

Poucas empresas agem, de fato, no intuito de atingir uma maior eficiência energética, reduzindo custos desnecessários, agindo em prol do meio ambiente e sem prejudicar as atividades e processos onde a energia elétrica é necessária.

Foco na maioria dos países desenvolvidos, a eficiência energética, colabora para evitar que novos projetos de geração de energia sejam realizados, tamanha é a economia proporcionada, mesmo diante do aumento da demanda inerente ao desenvolvimento industrial, reduzindo a necessidade de investimentos em geração de energia.

A transição energética para um consumo de energia mais sustentável e ecológico depende da eficiência energética consciente.

Os edifícios devem colaborar com a melhoria da eficiência energética

A EPE, Empresa de Pesquisa Energética, publicou “Ações de Eficiência Energética em Edificações Brasileiras”, onde, em 2019 os edifícios corresponderam a 52% do consumo energético do Brasil. Assim, a participação dos edifícios é crucial no consumo energético.

O estudo propõe métodos como etiquetagem dos edifícios e incentivos ao baixo consumo.

Não é necessário aguardar a implementação destas políticas públicas, pois os benefícios pela adesão aos processos de eficiência energética por si só dispensam incentivos. Trazem alto retorno financeiro com a economia de energia, ou seja, economia de dinheiro para os proprietários.

Onde as indústrias podem contribuir com maior eficiência energética?

Apesar do foco do estudo citado ser nos edifícios, o setor industrial também pode reduzir os custos de energia elétrica através da eficiência energética, considerando não apenas os mesmos pontos acima, com também:

  • Utilização da luz natural;
  • Horários diferenciados;
  • Sensores;
  • Programação do uso de máquinas;
  • Treinamento;
  • Avaliações do consumo;
  • Outras.

Diante de tamanhos benefícios e da economia financeira, é de se espantar que a procura por eficiência energética seja tão pequena no País.

Muitas empresas e indústrias deixam de poupar dinheiro e se tornarem mais competitivas por continuarem gastando energia sem planejamento.

Através de consultoria e análise das condições de uso do local em questão é possível avaliar onde a economia pode ser feita, para cada tipo de cliente.

A Alltomatic® – Soluções em Energia e Automação é especializada em identificar alternativas para redução no consumo e maior eficiência energética para diversas aplicações.

Além disso, a redução no consumo de energia elétrica faz com que um projeto de geração de energia solar fotovoltaica seja financeiramente mais econômico, pois a instalação será menor.

Entre em contato com a Alltomatic® para uma conversa sobre eficiência energética e economia em seu edifício ou indústria.

Link: https://www.epe.gov.br/pt/publicacoes-dados-abertos/publicacoes/epe-publica-nota-tecnica-sobre-acoes-de-eficiencia-energetica-em-edificacoes-brasileiras  em 08/2020

Related Post

0 Comments

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.